Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Nós mães temos que estar atentas para não criarmos filhos, como se fossem MOCINHOS de filmes românticos...

Olha, é muito sério o que vou te falar, ou melhor, escrever...
Se você tiver paciência para ler...

A mãe de um garoto está tendo sérios problemas com ele, então contei à ela uma história...

Ele era de uma família muito importante, no interior de São Paulo.
Ela de uma família simples.
Ele era um estudante do 2º grau, que vivia às custas dos pais, lia gibs, ia ao cinema e gostava muito dela.
Ela trabalhava com a mãe, dos 7 irmãos, era a caçula, a única que terminou o ginásio e fazia magistério!!! veja bem , naquele tempo ser professora era uma grande honra!

Um dia, ao deixá-la no portão de casa, bateu de frente com a mãe dela:
"Quem é você?"
Ele mais que depressa:
"Sou da família "Tal" "

"Não perguntei quem é a sua família, perguntei quem é você, o que você faz?"
"Ah, terminei o colégio e estou pensando o que fazer para o meu futuro"
"Ah! Tá pensando ... sei... então enquanto você pensa, fique longe da minha filha, porque ela já sabe o que quer ser, vai se professora!
(que orgulho!!!)

Ele foi para casa arrazado.Sua mãe vendo-o chegar, perguntou-lhe o que tinha acontecido.Ele não quis falar sobre o assunto, mas a mãe seguiu-o até o quarto, sentou-se na beirada de sua cama e tentou ajudá-lo.Ele se abriu, contou toda a história.
Desfecho número 1:"Ah, meu filho, não ligue, você vem de uma família nobre, essa menina é uma pé rapada, família ignorante, você merece coisa melhor... Você é um menino tão lindo!"
Desfecho número 2, o que realmente aconteceu:
"Certíssima essa mãe."
O filho:"Quê??! A senhora endoidou?, ela acabou comigo!"
A mãe:"Tá certíssima!Você é um plyboyzinho muito mixuruca sua família têm posses, e você?Tem o quê? Nada! O que você pode oferecer à essa moça?Não estuda, não trabalha, o dia inteiro lendo revistas, desenhando, comendo a comidinha da mamãe, gastando o dinheiro do teu pai... Cresce meu filho!Vai estudar, vai ser alguém na vida!"

Um banho de cachoeira!!! Chuááááá!!!Como sobreviver à isso?
Ele tinha 2 soluções e graças a Deus, escolheu a melhor delas.Inscreveu-se na Escola Militar, estudou muuuito e passou nos exames.(para quem só lia gibs)... Foi para São Paulo, sua vida era estudar... quando tinha folga ia para o interior ver a garota dos seus sonhos.
Um dia, ela, toda meiga lhe disse:
"Ai acho que é melhor a gente terminar... me sinto muito sozinha, você longe..."
Nossa, uma paulada na cabeça do coitado!

Voltou pra casa derrotado.Mais uma vez a mãe retrucou:

"Isso mesmo, concordo com você, não volte pra escola não bobo, fica aqui, volta a ler gibs, tomar coca- cola geladinha, comer sanduíche de carne, ir pra praça paparicar a sua namoradinha, que é uma mimada, e está fazendo a maior chantagem emocional com o trouxa." E foi dormir.Mas quem disse que ela conseguiu? Só descansou quando ouviu a porta bater às 5 da manhã, respirou aliviada, sabendo que o filho foi pegar o trem que o levaria para a Escola Militar.

Os anos se passaram e na 1ª prova que houve, ele passou.
No ano seguinte já era o Primeiro tenente da Polícia Militar.

E com muito orgulho, quando chegou em sua cidade, pediu a mão de sua amada, e ela? Claro que aceitou!-namorados-casais-emo-fake-imagens-tumblr-nutella-cute-delicia-candy-brushes-photoscape-by-thata-schultz001

Esta não é uma história qualquer, é a história de vida de meu padrinho, que hoje é General reformado, e  me contou, quando eu estava confusa, meio sem saber o que fazer com o futuro de meu filho mais velho.
Beijos Cris.