Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Prazer, eu não nasci de uma cezariana!

Dizem que sou meio lerda, sei lá né, vai ver que sou!Nem ligo!
No passado diziam que eu era boba, devia mudar de vida, virar as costas para tudo que me fazia infeliz, mas sempre fui meio devagar, confiei e entreguei tudo nas mãos Daquele que sabe de tudo, esperei e venci.Ufa, difícil, mas consegui.


Não era nem pra eu estar aqui, minha mãe sofreu pra que eu nascesse, o médico tinha desistido, mas consegui achar a saída e surgi no meio de todo aquele alvoroço, deve ser por isso que sempre acredito que para tudo tem um jeito e que milagres podem acontecer todos os dias.Quando eu era pequena desenhei um chão áspero e uma florzinha nascendo, mostrei para minha mãe e disse: " Nesse chão de cimento nasceu uma flor!Isso mostra que nós nunca devemos desistir!" Minha mãe me abraçou comovida e mandou fazer um quadrinho com meu desenho...
 onde será que ele foi parar?!
E até hoje acredito que portas se abrirão para aqueles que acreditam.Acho lindo e sobrenatural quando milagres acontecem, depois de tanta dor, o sorriso entre lágrimas, puxa consegui!Isso não tem preço.
Carrego comigo flores em meu coração, perfume na alma,   confiança nas pessoas,podem até me dizer que sou boba, mas fazer o quê? não sei outra maneira de viver.Acredito no amor, na bondade, tenho esperança, mesmo quando tudo parece perdido, se eu nasci diante de tanta dificuldade, quando nem os médicos achavam que era possível...  estarei sempre procurando a saída.
Por Cris.