Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

domingo, 20 de outubro de 2013

Tomara que meus netos tenham uma infância tão linda como eu tive...


 


 O dia passava de mansinho, minha ocupação era brincar.

A minha cachorrinha Flaika passeando pelos cômodos da casa, corredores enormes...
 Lá fora, as flores e plantas tão lindas que minha mãe cultivava,
 

O cheirinho de café passado na hora
 
 


 E no jantar, a sopa deliciosa que ela fazia com tanto amor,tudo que minha mãe fazia era com amor, dedicação e um enorme prazer.Lembro-me dos seus olhos verdes, brilhando como esmeraldas, parava em frente ao meu quarto e dizia:"Vem tomar sopinha vem...Tá tão gostosa." Tudo que ela se referia à nós, dizia no diminutivo, banhinho, feijãozinho, lanchinho...isto faz-me ver hoje que em relação à ela, o amor jamais andou muito longe.





 

 
Mas hoje o que eu me lembrei mesmo foi que, vendo o piso que
está sendo feito em toda frente da casa, olhei para o degrau da porta, e veio a imagem... eu sentadinha na soleira da porta, quietinha, vendo os passarinhos brincarem em volta das flores, as galinhas fazendo uma deliciosa bagunça para ver quem chegava primeiro ao comedouro, o galo avisando que quem mandava ali era ele.


 




 
Quero muito que meus netos possam sair um pouco do computador para contemplar essas maravilhas, sei que muitas coisas eles não terão mais a oportunidade de ver, alguns animais, aves, a cerquinha toda pintadinha em volta das flores...


o jardim,  as amoras colhidas na hora e bem arrumadas na cestinha, o pé de jabuticaba, a laranjeira...








 ... mas que pelo menos o céu deste dia esteja todo enfeitado de nuvens, branquinhas, todas decoradas com muitos corações cheinhos por dentro de esperança e bondade.


Beijos e um começo de semana feliz pra você! Por Cris.

( Nota:As fotos foram tiradas da Internet.)