Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Quando você quer, você pode.

Oi.Chega aqui, bem pertinho.Vou te contar uma coisa. À 4 dias estou com dor, meu dente infeccionou e estou com o rosto todo inchado.A gengiva detonada.

O Luiz tinha que ir para Taubaté, pedi que não fosse, medo de ficar sozinha.Pânico.devido à inflamação estou tomando antibióticos e anti-inflamatórios fortíssimos, me dando mal estar e tontura.

Hoje ele me acordou, tipo assim:"Mó... ta melhor?"
Bem baixinho.E eu disse que sim, mas não estava.Deixei-o ir, sei que era preciso.

Aí vem a história:Tomei banho, peguei minha bike, e fui pro dentista.Pedalando bem devagar.Olhando o mar que estava triste e cinza como eu.Você já viu o mar quando fica cinza?

No consultório agradeci à Deus por Ele ter me conduzido até ali.

Quando entrei, pela cara da dentista vi que o negócio era mais sério do que eu pensava.
"Tenho que anestesiar e fazer uma pequena cirurgia."
Uau!

E foi assim.Durante o processo por duas vezes pensei que ia desmaiar.
Quando  terminou e ela, com a gase e um dreno apertava a gengiva para drenar, sem palavras... mesmo com a anestesia, doeu muito, mas o que me confortou foi que pensei, se está doendo anestesiado, imagina sem...

Olha, o que eu quero te dizer, é que quando saí de lá, peguei minha bike e comecei a pedalar, entendi uma coisa muito importante, quando nos dedicamos à fazer algo, mesmo difícil, a gente encontra uma força que jamais poderíamos imaginar ter.

E lá fui eu, até consegui sorrir.

Ah vou dizer o que é verdade, desde bem pequena, sou meio corajosa, nas horas que preciso. Tinha medo de andar quando bebê,(minha mãe me dizia isso) ela colocava um brinquedo e em vez de tentar andar para apanhá-lo, eu engatinhava, demorei um pouco para conseguir.
Pra quem tinha medo de andar e hoje em dia corre tanto por aí...qualquer outra coisa é fichinha, né não minha gente?

Bjs Cris (A vencedora)