Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Banho de alegria

A imagem eu posso rever, se fechar meus olhos...

Meus filhos, dentro de uma piscina de lona, no quintal.
E eles estavam lá... com seus sorrisos, gritos, risadas e mais : em muitos finais de semana os primos também participavam da festa.
E eu fico me perguntando, como era possível caber tantas alegrias e brincadeiras naquela piscina que deveria ter uns 8 metros quadrados? Ai ai ...





Faziam competições para ver quem era mais rápido,quem tinha mais fôlego, e a competição mais divertida era assim, um jogava o objeto para ver quem primeiro pegava no fundo da piscina.E ai podíamos ouvir os gritos e as risadas do pequeno vencedor.
Apareceu uma vez até uma pequena prancha de isopor e houve campeonato de surf, eles tentando se equilibrarem em cima da prancha... imaginem... kkkkkkkkkkk
Eles faziam algo sensacional, davam as mãos e nadavam todos ao mesmo tempo e isto me emocionava,porque apesar de não terem tantas opções de brinquedos, qualquer coisa diferente virava atração. Brigavam sim , o espaço tinha que ser dividido entre os seis... ( meus 3 e os 3 do Luiz) , mas posso me lembrar do rostinho de cada um,com os cabelos molhados, o sorriso fácil, disputando cada um o seu espaço. Para eles, era normal dividir , fazia parte da rotina deles.
E para tirá-los dali? Só a tardezinha. E saiam, com as mãos e pés todos enrugadinhos, lábios roxos, tremendo às vezes de frio.
E eu, muitas vezes sem saber a quem atender primeiro.

Isto fez parte da minha vida!
E eu amo tudo isso...
By Cris