Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Minha gatinha

"Todas as vezes que Deus prometer algo,ou propuser novos sonhos em seu coração,prepare-se para passar pelo deserto,pois é oúnico caminho para a terra prometida." Lajes Vigal.

Estou em São Paulo com minha filha.
Hoje quando a vi sofrer por estar passando por uma grande tempestade,fiquei pensando que minha menina cresceu e faz tempo.
Minha menina tagarela, meio estabanada,que sempre pensou muito mais nos irmãos, nos primos,nos amiguinhos, do que nela mesma.
Cresceu sem pedir licença.
Danadinha... esperta que só ela.
Um dia me pegou desprevenida:"Mãe,vou trabalhar,ganhar o meu dinheiro."
E foi.Tinha só 14 anos e arrumou emprego numa boutique.
"JOÃO VERMELHO" o nome, rss...
E foi de uma tal maturidade que fiquei pensando:Cadê aquela menininha que adorava brincar de casinha e ser a mãe de todos?E como sabia dar ordens!
Suas festinhas de aniversário ela desenhava sua própria roupa e escolhia o tecido.
Nada de palhaços, branca de neve, era coisa de "criança".

De repente, das baladinhas de domingo a tarde, na "Coton Baby"
passou a frequentar discotecas.
E o Luiz, dentro do carro, de madrugada, na porta do clube, esperando pacientemente(que é bem dele) que ela não apenas "cresça,mas apareça."
kakakakakakakakakakkaka

Passou o tempo do balé, da mochila nos ombros, da bicicleta Ceci indo para a escola.
 Saiu do banco de trás do carro para o volante.Feliz que só pelo irmão que lhe deu de presente de aniversário a sua carta de motorista.

Lembrei-me que nós a levavámos para a praia, junto com os irmãos, no carro, entre malas, comida, engarrafamento, brigas pela disputa de quem ficaria na janela, e de repente tudo acabou.
Ela não queria mais viajar conosco, seus amigos e o 1º namorado eram mais interessantes.E eu pensava:"Como? Até ontem ela AMAVA  fazer castelos na areia com seu baldinho e pazinha". Mas ela cresceu.
Onde, como, aquela menininha cresceu tanto e não percebi?
Hoje ela ainda faz os seus castelos de sonhos, mas às vezes eles desmoronam e ela sofre...
Faz parte da  história...
Mas quando ela sofre meu coração fica pequenininho...
BY CRIS