Aqueles que não acreditam em mágicas, nunca irão encontrá-la.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Tem o gostinho da minha vida...

Qdo eu era menina, minhas amiguinhas resolveram ir à noite no Parque que havia acabado de chegar na cidade.
Até ai tudo bem, mas elas estavam super animadas para andar na Roda Gigante,  eu simplesmente, até hoje, tenho pavor de altura e nunca me imaginei andando numa Roda Gigante.
Disse que não iria, mas fazíamos tudo juntas, éramos muito unidas.
Amava minhas amigas, mas a que eu tinha verdadeiro xodó, era Geni. Tão fofa, fomos amigas por muitos anos, ela era uma menina sem muitos recursos, não tinha pai, a mãe era velhinha, meio doente, e quem sustentava a casa era a irmã mais velha, tinha muito carinho por ela e não conseguia entender porque não estudava, como nós.

Bem, passei o dia todo pensando no Parque...
E ficava na esquina de casa ( eu morava no centro da cidade de Guaratinguetá), fui quietinha, sem falar nada pra ninguém, o Parque abria às 5 hs da tarde, comprei o ingresso e fui andando em direção aquela Roda Imensa, toda colorida, se fechar os olhos eu consigo vê-la, qdo sentei e aquele homem trancou a cadeira com aquela barra de ferro, nem sei ...Algumas vez pensei sobre isso e fiquei imaginando como me deixaram andar sozinha...
E fui... O medo que senti, graças, não me lembro mais, mas sei que senti...

À noite, qdo elas passaram em casa para irmos, eu estava tranquila.
Qdo chegamos perto da Roda, minha amiga Geni agarrou-se na irmã mais velha e disse:
- Ai que medo!!! Acho que não vou não...
Eu que já estava preparada para esse momento, adiantei-me, fui bem pertinho dela,segurei em sua mão e "corajosamente" falei:
- Ah, já andei milhares de vezes, é muito legal! Vem...
E fomos.

Gente eu tinha só 9 anos qdo isso aconteceu.

E acho que isso é... é o que hein?
Quem souber que me diga.

Muitos beijos
CRIS